quarta-feira, 31 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - Walt Whitman, poeta norte-americano, nasceu em Long Island no dia 31 de Maio de 1819, tendo falecido em 26 de Março de 1892.
Publicou o seu primeiro livro (Leaves of Grass) em 1855. Curiosamente foi ele que pagou a primeira edição, o livro continha apenas doze poemas, um prefácio e não tinha indicação do nome do autor. A obra poética de Whitman acabou por se centrar neste livro, que o escritor se dedicou a rever e completar ao longo da vida. A segunda edição (1856) já o indicava como autor e continha 32 poemas.
Continuava entretanto a sua profissão de jornalista, o que não o impediu de publicar a terceira edição em 1860 com 154 poemas.
Entre 1863-1864 cumpriu o serviço militar, tendo regressado doente e com marcas de envelhecimento prematuro causadas pela experiência da guerra civil.
Trabalhou depois como funcionário do Governo e publicou o livro "Drum-Taps", que continha 53 poemas acerca da guerra civil e da experiência do autor em hospitais militares.
Em 1873, sofreu uma paralisia parcial e perdeu a mãe. Foi entretanto publicando novas edições de Leaves of Grass. A 6ª já era composta de dois volumes.
Os últimos anos de vida de Whitman foram marcados pela pobreza, atenuada apenas pela ajuda de amigos e admiradores americanos e europeus. Em 1888, teve um novo ataque de paralisia e publicou 62 novos poemas sob o título "November Boughs".
Whitman morreu no dia 26 de Março de 1892, não tendo chegado a ver publicada a nona edição da sua obra principal.
Profundamente identificado com os ideais democráticos da nação americana, Whitman ficou ainda mais conhecido mundialmente a partir das citações inseridas no enredo do filme Clube dos Poetas Mortos.
Teve grande influência na chamada poesia moderna, tendo de certo modo influenciado Fernando Pessoa e Garcia Lorca, entre muitos outros. Este último dedicou-lhe mesmo um poema (Ode a Walt Whitman).

terça-feira, 30 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - O Abade Faria, de seu nome verdadeiro José Custódio de Faria, foi um cientista português nascido em Goa, então «Índia Portuguesa», no dia 30 de Maio de 1746, tendo falecido na capital francesa em 20 de Setembro de 1819.
Chegou a Lisboa em 1771 e a Roma em 1772, onde veio a receber ordens de sacerdote. Formou-se em Teologia, tendo sido padre mas nunca abade... Foi igualmente professor de Filosofia nos liceus de Marselha e Nimes.
Iniciado na prática do magnetismo abriu em Paris, no ano de 1813, um gabinete de «magnetizador». A prática de hipnose trouxe-lhe uma enorme clientela mas também uma pronta reacção de descrédito, sendo rotulado de maníaco e bruxo.
Os últimos anos da sua vida passou-os como capelão de um convento de religiosas. Como cientista demonstrou o carácter puramente natural do hipnotismo, tendo sido o primeiro a descrever com precisão os métodos e efeitos da hipnose. Previu também as possibilidades da sugestão hipnótica no tratamento de doenças nervosas.
A sua figura é abordada no romance O Conde de Monte Cristo de Alexandre Dumas.


domingo, 28 de maio de 2006

ALÃO QUER...

Alão quis
que fosse conquistada
e os homens fizeram
dela uma rainha.
É berço
de gente de nomeada,
aqui nasceu Damião
e a Sãozinha.
Quem visitar um dia
Alenquer
irá sempre
querer voltar
e, cada vez
que aqui vier,
verá coisas
de encantar.
Tem a sina
já traçada
e um belo futuro
na sua rota:
- Será de Portugal
a entrada,
assim que houver
aeroporto na Ota.
***
NB - Diz a tradição popular que a origem do nome e das armas da vila se deve ao seguinte facto: D. Afonso Henriques, o fundador da nacionalidade, cercou Alenquer, que estava em poder dos mouros. Um cão que os vigiava, foi ter com os portugueses e, dirigindo-se ao rei, tantas festas lhe fez que o monarca, olhando para o cão, exclamou com júbilo: o Alão quer. E tomando isto por um feliz augúrio, foi com os seus homens de armas tomar imediatamente de assalto a praça de Alenquer.

sexta-feira, 26 de maio de 2006

quarta-feira, 24 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - Nicolau Copérnico, astrónomo e matemático polaco que desenvolveu a teoria heliocêntrica para o Sistema Solar, morreu em 24 de Maio de 1543. Nascido em 19 de Fevereiro de 1473, Copérnico foi igualmente jurista, astrólogo e médico.
A sua teoria - o Heliocentrismo, que colocou o Sol como o centro do Sistema Solar, contrariando a então vigente teoria geocêntrica, que considerava a Terra como o centro, é considerada uma das mais importantes descobertas de todos os tempos, sendo o ponto de partida para a astronomia moderna. Curiosamente, durante toda a sua vida, fez observações e cálculos no campo da Astronomia, mas sempre nas horas vagas e nunca como profissão principal.

terça-feira, 23 de maio de 2006

segunda-feira, 22 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - Arthur Ignatius Conan Doyle, mais conhecido como Sir Arthur Conan Doyle, mundialmente famoso pelos seus livros policiais com o detective Sherlock Holmes, nasceu em 22 de Maio de 1859 em Edimburgo, Escócia, tendo morrido em Inglaterra no dia 7 de Julho de 1930. Escreveu também histórias de ficção científica, novelas históricas, peças e romances, poesia e obras não ficcionadas.
Foi um arauto do Espiritismo, particularidade que muita gente desconhece, tendo publicado alguns livros e feito palestras sobre esta matéria. Para receber o título de Par do Reino Inglês, foi-lhe imposta a condição de renunciar às suas crenças, o que ele não aceitou.

sábado, 20 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - João XXI, único Papa português, de seu nome Pedro Julião e mais conhecido como Pedro Hispano, nasceu em 1215 e morreu em 20 de Maio de 1277. Foi Papa de 20 de Setembro de 1276 até à data da sua morte, tendo sido também famoso médico, professor e matemático.
Começou os seus estudos na escola episcopal da catedral de Lisboa, tendo mais tarde entrado numa Universidade francesa (Paris ou Montpellier?) onde estudou medicina e teologia.
Entre 1245 e 1250 ensinou medicina na Universidade de Siena, onde escreveu algumas obras, de entre as quais se destaca Summulæ Logicales que foi o manual de referência sobre lógica aristotélica durante mais de trezentos anos, nas universidades europeias.
Em 1272 foi nomeado arcebispo da cidade de Braga.
Após a morte do Papa Adriano V, a 18 de Agosto de 1276, Pedro Hispano foi eleito Papa no conclave de cardeais de 13 de Setembro, sendo coroado no dia 20 de Setembro. Faleceu após ter ficado gravemente ferido num desastre na Catedral de Viterbo, cujas obras acompanhava. Foi ali sepultado.

sexta-feira, 19 de maio de 2006

LUANDINO VIEIRA
- PRÉMIO CAMÕES 2006

O escritor angolano Luandino Vieira acaba de ganhar o Prémio Camões de 2006, sucedendo à brasileira Lygia Fagundes Telles.
José Vieira Mateus da Graça, de seu nome verdadeiro, nasceu em Vila Nova de Ourém no dia 4 de Maio de 1935 e foi para Angola aos três anos de idade na companhia dos pais.
Preso em 1959, por actividades anti-colonialistas, voltou a ser preso em 1961 e condenado a 14 anos de reclusão. Solto em 1972, fixou residência em Lisboa, onde trabalhou numa editora.
Regressou a Luanda em 1975, tendo ocupado cargos directivos no MPLA. Foi também presidente da Radiotelevisão Popular de Angola.
Obra de ficção muito premiada. Curiosamente a escolha de um seu livro para o prémio da Sociedade Portuguesa de Escritores, veio a provocar, no tempo da ditadura, o assalto e a destruição das instalações da S.P.A. pela polícia política de Salazar.
Mora actualmente no Norte de Portugal.
MUNDIAL - Ouvindo o Hino...
EFEMÉRIDE Catarina Eufémia, ceifeira alentejana, foi morta a tiro em 19 de Maio de 1954, na sequência de uma greve de assalariadas rurais. Tinha três filhos, um dos quais de oito meses estava ao seu colo no momento em que foi baleada.
Catarina Efigénia Sabino Eufémia, de seu nome completo, nascera em 13 de Fevereiro de 1928.
Muitos poetas lhe dedicaram poemas, entre eles Sophia de Mello Breyner e José Carlos Ary dos Santos. Um poema de Vicente Campinas "Cantar Alentejano" foi musicado por Zeca Afonso no álbum "Cantigas de Maio" editado no Natal de 1971:


CANTAR ALENTEJANO
 
Chamava-se Catarina
O Alentejo a viu nascer
Serranas viram-na em vida
Baleizão a viu morrer

Ceifeiras na manhã fria
Flores na campa lhe vão pôr
Ficou vermelha a campina
Do sangue que então brotou

Acalma o furor campina
Que o teu pranto não findou
Quem viu morrer Catarina
Não perdoa a quem matou

Aquela pomba tão branca
Todos a querem p’ra si
Ó Alentejo queimado
Ninguém se lembra de ti

Aquela andorinha negra
Bate as asas p’ra voar
Ó Alentejo esquecido
Inda um dia hás-de cantar

quinta-feira, 18 de maio de 2006

no comments...
EFEMÉRIDE - Bertrand Arthur William Russell, filósofo, matemático, escritor e activista político, nasceu em 18 de Maio de 1872 no Reino Unido, tendo morrido em 2 de Fevereiro de 1970, no País de Gales. Até à morte, a sua voz foi ouvida sempre com respeito, sobretudo no que respeitava às armas nucleares e à guerra americana no Vietname.
Em 1950, Russel recebeu o Prémio Nobel da Literatura "em reconhecimento dos seus variados e significativos escritos, nos quais se bateu por ideais humanitários e pela liberdade do pensamento".
Em 1962, já com 90 anos, mediou o conflito dos mísseis de Cuba para evitar que se desencadeasse um ataque militar. Organizou com Albert Einstein o movimento Pugwash que lutava contra a proliferação de armas nucleares.



quarta-feira, 17 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - Rosalía de Castro, nascida em Santiago de Compostela no dia 21 de Fevereiro de 1837 e falecida em 15 de Julho de 1885, foi uma escritora galega considerada como a fundadora da literatura galega moderna. O 17 de Maio, Dia das Letras Galegas, é feriado por ser a data de edição da sua obra Cantares Galegos.
Rosalía passou os derradeiros anos da sua vida em Padrom, na Casa da Matança, que depois se converteria em Casa Museu. Só alguns anos depois da sua morte os seus restos mortais foram trasladados para o Panteão de Galegos Ilustres, na igreja de São Domingos de Bonaval, em Santiago de Compostela.

terça-feira, 16 de maio de 2006

DESCOBRIR PAÍSES.... PLANEAR VIAGENS...

Um link interessante. Quase todos os países do Mundo estão aqui. Basta cliquar no país desejado e aparece o mapa desse país com pontos que piscam. Clique num desses pontos e surge o lugar desejado com várias fotos. Clique nelas e terá indicações interessantes (francês ou inglês).

http://www.alovelyworld.com/index2.html

segunda-feira, 15 de maio de 2006

HISTORINHA ERÓTICA

- Assim?
- É. Assim.
- Mais depressa?
- Não. Assim está bem. Um pouco mais para...
- Assim?
- Não, espera.
- Disseste que...
- Para o lado. Para o lado!
- Querido...
- Estava bem mas tu...
- Eu sei. Vamos recomeçar. Diz quando estiver bem.
- Estava perfeito e tu...
- Desculpa.
- Tu descontrolaste-te e perdeste o...
- Eu já pedi desculpa!
- Está bem. Vamos tentar outra vez. Agora.
- Assim?
- Quase. Está quase!
- Diz-me como queres. Oh, querido...
- Um pouco mais para baixo.
- Sim.
- Agora para o lado. Rápido!
- Amor, eu...
- Para cima! Um pouquinho...
- Assim?
- Aí! Aí!
- Está bom?
- Sim. Oh, sim. Oh
yes
, sim.
- Pronto.
- Não. Continua.
- Puxa, mas tu...
- Olha aí. Agora tu...
- Deixa ver...
- Não, não. Mais para cima.
- Aqui?
- Mais. Agora para o lado.
- Assim?
- Para a esquerda. O lado esquerdo!
- Aqui?
- Sim. Isso! Agora coça.


Luiz Fernando Veríssimo

domingo, 14 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - Francis Albert Sinatra (Frank Sinatra), cantor e actor americano, morreu em 14 de Maio de 1998. Nascido em 12 de Dezembro de 1915, foi casado com as actrizes Ava Gardner e Mia Farrow. Possui duas estrelas na Calçada da Fama, em Hollywood, uma pelo seu trabalho no cinema e outra por seu trabalho na TV americana.
É considerado por muitos o maior cantor do século 20.

sábado, 13 de maio de 2006

sexta-feira, 12 de maio de 2006

CERVEJAS...

Carlos levou a namorada para uma praia deserta. Desapertou-lhe o top do biquini e ela começou a reclamar porque ali não dava jeito, que havia muita areia, que ainda se arranhavam e ia entrar areia por todo o lado, etc... O rapaz disse então:
- Calma! Não há nada que não se resolva!!
E foi ao carro buscar uma grande toalha da Super Bock que estendeu em cima da areia. A namorada deitou-se, mas ao puxar-lhe a cueca do biquini, uma rajada de vento levantou a ponta da toalha e ela reagiu novamente, dizendo que lá se iam encher de areia, que a toalha voava, que se arranhavam, etc... E ele:
- Calma! Tudo se resolve.
E foi ao carro e trouxe quatro latas de Super Bock, colocando uma em cada canto da toalha, para esta não voar.
Como ela estava sempre a implicar com tudo, teve a ideia de trazer do carro uma venda e pôr-lha à volta dos olhos.
Já a rapariga estava nua, quando perguntou:
- Trouxeste camisinha?
E o namorado:
- Aqui não tenho, vou buscar ao carro.
Enquanto foi ao carro, passou um jovem que andava a fazer "jogging". Ao deparar com a rapariga nua e vendada, deitada na toalha, aproximou-se, começou a mexer-lhe e, como ela não reagia, não hesitou e... saltou-lhe para cima, pensando para os seus botões:
- Com uma campanha destas, agora é que a Super Bock rebenta com a Sagres
!

Quando o Governo fechar a Maternidade de Elvas...
in oInimigoPúblico de hoje
EFEMÉRIDE - Manuel Alegre de Melo Duarte, poeta e político, nasceu em Águeda no dia 12 de Maio de 1936.Esteve exilado na Argélia durante parte do período fascista. É membro destacado do Partido Socialista, pelo qual é deputado na Assembleia da República.
Cumpriu o serviço militar na guerra colonial em Angola. Nessa altura, foi preso pela polícia política (PIDE) por se revoltar contra a guerra. Em paralelo à carreira política, produziu larga obra literária que lhe conferiu notoriedade tanto nos meios académicos como nos meios populares. Destaca-se sobretudo a sua obra poética. Recebeu o Prémio Pessoa em 1999.
Em Setembro de 2005 anunciou a sua candidatura às eleições para a Presidência da República realizadas em 22 de Janeiro de 2006. Obteve 20,72% dos votos, não conseguindo evitar a vitória à primeira volta de Cavaco Silva, mas conseguindo um resultado superior ao de Mário Soares, candidato oficial do Partido Socialista.
Após as eleições, formou um movimento cívico, denominado Movimento para Intervenção e Cidadania.

quinta-feira, 11 de maio de 2006

NO ELEVADOR

A porta do elevador abriu-se, entrou uma senhora e depois um inglês, empertigado, todo de preto, de guarda-chuva e chapéu de coco.
O elevador começou a subir.
De repente... Um cheiro horrível dentro do elevador!
A mulher indignadíssima levou a mão ao nariz e perguntou ao inglês:
— O senhor deu um pum?
O inglês olhou-a com superioridade, levantou o queixo, semicerrou os olhos e, fazendo cara de snobe, respondeu:
— Claro, minha senhora. Ou a senhora acha que eu cheiro sempre assim?
EFEMÉRIDE - Edgar Cardoso, engenheiro português especializado em pontes, viveu entre os dias 11 de Maio de 1913 e 5 de Julho de 2000.
Foi o autor da Ponte da Arrábida no Porto (na época, o maior arco de betão armado do mundo), da Ponte Macau - Taipa em Macau, da ponte ferroviária de São João no Porto, da Ponte do Vale da Ursa sobre o rio Zêzere e da Ponte da Figueira da Foz, entre outras. Nasceu em Resende e formou-se em engenharia civil na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 1937.
Doutorado Honoris Causa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

quarta-feira, 10 de maio de 2006


HISTÓRIAS DE CANIBAIS

No interior da África profunda, um cliente entra num restaurante para canibais:
— Me dê uma coxa recheada.
— Perdão senhor, mas não temos.
— Então me serve um braço assado?
— Estamos em falta.
— Como estão em falta? Eu vi um homem inteirinho ali na geladeira...
— Ah, sim. É verdade. Mas esse morreu de diabetes e nós estamos a guardá-lo para fazer compota.


E uma rapidinha...

Dois canibais conversando:
- Eu não sei mais o que fazer com a minha mulher!
- Se quiseres, posso emprestar-te o meu livro de receitas!


terça-feira, 9 de maio de 2006

Sim ao amor, não à guerra
Não às armas, sim ao pão
P’ra viver na nossa Terra
Haja Paz no coração!

PRIMEIRA MÃO

O Joãozinho chega muito animado do primeiro dia de aula na escola e diz para a mãe:
- Mãee! Hoje a professora ensinou-nos qual é a mão direita!
- Muito bem. Mostra!!
Joãozinho, orgulhoso, mostra-lhe a mão.
- Óptimo! Parabéns! Agora, mostra-me a mão esquerda!
- Ah, isso ela só vai ensinar amanhã!

segunda-feira, 8 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - Gustave Flaubert, escritor francês e um dos maiores escritores ocidentais, faleceu em Croisset no dia 8 de Maio de 1880. Nasceu em Rouen no dia 12 de Dezembro de 1821.
Flaubert é reconhecido como um mestre do Realismo. A sua obra mais famosa é Madame Bovary, que foi objecto de um processo por ser considerada "execrável sob o ponto de vista moral". O processo terminou, porém, com a absolvição do autor em 7 de Fevereiro de 1857.

sábado, 6 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - Orson Welles, cineasta e actor norte-americano, nasceu em Kenosha, Wisconsin, no dia 6 de Maio de 1915 e morreu em Hollywood com setenta anos.
Iniciou a sua carreira no teatro, em Nova Iorque, em 1934. Em 1938 produziu uma transmissão radiofónica intitulada «A Guerra dos Mundos», que ficou famosa por provocar o pânico nos ouvintes. A sua estreia no cinema ocorreu em 1941 com «Citizen Kane», considerado pela crítica como um dos melhores filmes de todos os tempos.

sexta-feira, 5 de maio de 2006


OS PATOS...
 
Três mulheres morrem juntas num acidente de carro e vão para o céu.
Chegando lá, São Pedro diz:
- Aqui no céu só tem uma regra: "NÃO PISAR OS PATOS! "
Elas acharam a regra esquisita, mas quando, finalmente, atravessaram as portas elas perceberam que era quase impossível andar sem pisar um pato.
O paraíso estava forrado de patos. Ainda meio confusa, uma das mulheres pisou um pato.
Minutos depois, São Pedro apareceu com uma corrente, um cadeado e o homem mais feio que ela já tinha visto. E disse:
- Você não cumpriu a regra... seu castigo é viver a eternidade acorrentada a este homem.Dias depois, a segunda mulher cometeu o mesmo erro; pisou um pato. E, como antes, São Pedro acorrentou-a com o homem mais feio que ela já tinha visto.
E disse:
- Seu castigo é viver a eternidade com este homem.A terceira mulher então, passou a ser super cuidadosa. Meses se passaram.
Um dia São Pedro aparece com um homem perfeito, lindo, moreno, olhos verdes, forte, alto... E acorrentou-a a ele. Ela sem entender nada, ficou quieta. Quando São Pedro se afastou, ela perguntou ao maravilhoso homem:
- Que será que eu fiz para receber este prémio?E ele respondeu:- Você não sei, mas eu pisei um pato!
Esquecimento muito antigo...
EFEMÉRIDE - Mario Quintana, um dos maiores poetas brasileiros, morreu em Porto Alegre no dia 5 de Maio de 1994. Nascera em 30 de Julho de 1906. Considerado o poeta das coisas simples e com um estilo marcado pela ironia, trabalhou como jornalista quase toda a vida. Traduziu mais de cento e trinta grandes obras da Literatura Universal.
Viveu grande parte da sua vida em hotéis, entre eles o Hotel Majestic ou Grande Hotel no centro Velho de Porto Alegre que foi transformado em centro cultural e baptizado Casa de Cultura Mario Quintana em sua homenagem, ainda em vida.
Uma curiosidade: Mario Quintana, em entrevista a Eddla Van Steen em 1979, afirmou que o seu nome não tinha acentuação, o que passámos a respeitar...

quarta-feira, 3 de maio de 2006

EFEMÉRIDE – Yolanda Gigliotti, conhecida por Dalida, cantora francesa, morreu na madrugada de 3 de Maio de 87 em Paris. Nascera no Cairo em 1933.
Teve uma carreira cheia de sucessos. Curiosamente o primeiro disco que gravou continha a versão francesa (Madona) da canção Barco Negro de Amália Rodrigues.
Estrela francesa, mas igualmente vedeta internacional, vendeu mais de cento e cinquenta milhões de discos , tendo gravado novecentas canções em oito línguas.
Vários dramas da sua vida privada, como os suicídios de vários companheiros, ex-maridos e amigos, levaram-na a várias tentativas de suicídio durante cerca de vinte anos. Partiu definitivamente em 1987, suicidando-se na sua casa no bairro de Montmartre em Paris.

segunda-feira, 1 de maio de 2006

EFEMÉRIDE - No dia 1 de Maio de 1886, realizou-se uma manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago, para reivindicar a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias. Teve a participação de centenas de milhares de pessoas.
Três anos mais tarde, a 20 de Junho de 1889, a segunda Internacional Socialista, reunida em Paris, decidiu por proposta de Raymond Lavigne convocar anualmente uma manifestação com o objectivo de lutar pelas 8 horas de trabalho diário. A data escolhida foi o 1º de Maio, como homenagem às lutas sindicais de Chicago.
A 23 de Abril de 1919 o senado francês ratificou a jornada de trabalho de 8 horas e proclamou o dia 1 de Maio como feriado. Em 1920, a Rússia adoptou igualmente o 1º de Maio como feriado nacional e este exemplo foi seguido por muitos outros países.
Em Portugal, durante o período fascista (1926/1974), não era feriado nem eram permitidas comemorações que, a serem efectuadas, poderiam levar à prisão pela polícia política.

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...