quinta-feira, 1 de junho de 2017

1 DE JUNHO - ROCÍO JURADO

EFEMÉRIDE – María del Rocío Trinidad Mohedano Jurado, cantora e actriz espanhola, morreu em Alcobendas no dia 1 de Junho de 2006. Nascera em Chipiona, em 18 de Setembro de 1946.
Senhora de uma voz poderosa e com uma presença forte e sedutora, o seu repertório era constituído por música andaluza e baladas românticas com estilo internacional. Em Espanha, era também conhecida pela “Maior”.
Muito jovem ainda, iniciou-se no flamengo e fez a sua aparição no cinema em 1962, contracenando com Manolo Escobar em “Os Guerrilheiros”. Desempenhou igualmente um dos papéis principais em “Proceso a una estrella” (1966) e “Una chica casi decente” (1971).
Numa época em que viveu na Argentina, participou na comédia musical, “La zapatera prodigiosa”, baseada numa obra de Federico Garcia Lorca.
Chegou a ter tal prestígio, em Espanha e na América, que cantou para Ronald Reagan na Casa Branca em 1985 e a notícia de sua morte foi amplamente divulgada pelo site da revista norte-americana “Billboard”.
Filha de um sapateiro e de uma doméstica, casou-se em 1976 com o pugilista Pedro Carrasco, tendo tido uma filha. Separaram-se em 1989. Depois do divórcio, consorciou-se com o toureiro José Ortega Cano em 1995. Precisamente neste ano, recebeu a Medalha de Ouro do Mérito das Belas-Artes outorgada pelo Ministério da Educação, da Cultura e dos Desportos espanhol. Em 1999, o casal adoptou duas crianças colombianas.
Em Agosto de 2004, Rocío Jurado foi submetida nos Estados Unidos a uma delicada operação a um cancro no pâncreas. Faleceu dois anos depois, na sua casa perto de Madrid, sendo sepultada no cemitério da terra onde nasceu.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...